fbpx

Seja o primeiro a saber.
Assine a nossa newsletter.

Como controlar o nervosismo em alguns minutos

WhatsApp Image 2020-03-01 at 16.28.57 (1)

Por Diane Bikel

Em tempos de crise, é normal que a população de um país se torne mais ansiosa, nervosa e estressada. A mente vaga entre passado e futuro e esquece de estar no aqui, agora. Cria-se cenários que podem acontecer ou não. Cria-se culpa de algo que já passou e que não se pode voltar atrás. A mente não consegue distinguir em que tempo se passa os pensamentos, então a cada pensamento ela traz sentimentos como se aquilo, fosse no presente. Provocando ansiedade e nervosismo.

O Brasil é considerado o país mais ansioso e estressado da América Latina, segundo a OMS. Um estudo divulgado pela USP comprova que nos últimos 10 anos o número de pessoas com ansiedade e depressão aumentou em 18,4% no país. A ansiedade/nervosismo vem através de gatilhos de hábito ou pensamentos que causam ou relembrem esses sentimentos.

O NERVOSISMO

O nervosismo antes de uma apresentação é um bom exemplo. Seja de tcc, palestras importantes, reuniões ou negociações. Antes de começar, já criamos pensamentos que, se trazidos para o mundo físico, percebemos que não passam de suposições (“e se ninguém gostar? E se eu gaguejar? E se der branco?”).

A ANSIEDADE

Sabe-se que ansiedade tem diferentes níveis, mas um exemplo simples e de uma ansiedade rotineira é o Whatsapp. Ele mostra o dia-a-dia. Espera-se que aquela pessoa responda o mais rápido possível e, se ela visualizar e não responder, já criamos pensamentos – que são incertos, mas que engatilham para um sentimento que não é bom. Muito pode ter acontecido para a resposta não vir naquele momento. Aqui, desse lado, não se sabe. E criam-se sentimentos ruins por algo que é apenas suposição da própria mente.

COMO LIDAR COM ESSES SENTIMENTOS

A mente supõe algo que pode ser verdade ou não. Ela fica entre fuga e luta, mas só se sabe mesmo do agora, deste instante. Por isso, entender e perceber o porquê esse sentimento ruim está ali, já acalma e faz tudo vir de uma maneira mais lenta. Assim, podemos ter mais consciência do que está acontecendo no nosso corpo/mente. Por isso, deixaremos dicas para que você consiga se acalmar em um momento de nervosismo/ansiedade. Bora lá:

 

COMO SE ACALMAR EM MOMENTOS RUINS

RESPIRE

Quando ficamos nervosos, o curso da nossa respiração muda, deixando ela mais acelerada. Perceber essa mudança e apenas observar já deixa tudo mais calmo. Por isso, o tão famoso: “respire fundo”. Isso funciona de verdade!! Só é preciso ser feito com consciência porque a respiração manda em vários aspectos do nosso corpo. Então, quando algo acontecer, vá para um cantinho onde você possa respirar. Respire uma, duas, três vezes ou mais. Não se sinta nervoso por estar respirando, apenas deixe aquele sentimento lá onde ele aconteceu.

MAPEIE OS HÁBITOS DE UMA ANSIEDADE DIÁRIA

Perceba no seu dia-a-dia o que te causa mal estar – ansiedade, nervosismo. Sinta de onde vem esses sentimentos. Mapeie eles e anote de onde eles aparecem e que horas isso acontece. Anotou?

São coisas que podem ser mudadas? São hábitos? Se sim, então mude. Um exemplo: se o que te deixa ansioso são noticiários, redes sociais, grupos de família… então pare de olhar com tanta frequência! Se o café te deixa ansioso, diminua a quantidade. Se for o trabalho, a quantidade de tarefas diárias, calma! Faça tudo no seu tempo, anote em uma lista do que é necessário fazer e, conforme for terminando, vá riscando.

Vá por outros caminhos. Se algo não está te trazendo benefícios, mude os hábitos. Se conheça, respire fundo e arrisque tentar de outra maneira.

FAÇA ALGO DIFERENTE PELA PRIMEIRA VEZ

Pense em algo que você nunca fez ou repita uma atividade rotineira, mas de modos diferentes. O que você nunca fez? Pular corda, escolher um livro pela capa, usar uma cor de roupa que geralmente você não usa. Faça de novo aquela atividade que você não deu 100%, vá de novo no restaurante que você prometeu não ir mais…

Faça algo para você, nem que seja 10 minutinhos do seu dia. Pense, reflita, respire e seja você.

E aí, gostou das nossas dicas? Não esqueça de marcar #ExercícioDaImpulsione nos seus stories quando for testar novas abordagens. Queremos ver você fazendo acontecer nas suas redes sociais e mostrando a carinha que está por trás das boas ideias! 🙂